quarta-feira, 26 de março de 2014

Ferramentas gratuitas de monitoramento de redes sociais


Existem duas formas de descobrir o buzz online da sua marca: através de ferramentas pagas ou por meio de programas gratuitos de monitoramento. É claro que, se o orçamento da empresa permitir, as pagas são a melhor opção. Mais completas e seguras, elas agrupam em uma única plataforma funcionalidades às quais você só terá acesso se utilizar várias ferramentas gratuitas ao mesmo tempo. Além disso, permitem a geração de alertas e de gráficos mais consistentes, sem contar que afastam o risco de perda de dados por descontinuidade do programa.
Se sua empresa, entretanto, não dispõe de verba específica para contratar um software, há centenas de opções não pagas. Em um mar tão amplo de possibilidades, fica difícil saber quais delas são realmente interessantes para o monitoramento. Por isso, listamos abaixo dez ferramentas gratuitas que, de fato, podem auxiliar o analista a entender o alcance da empresa nas redes sociais, a conhecer seu público-alvo e a gerar conteúdo capaz de engajar esses usuários.

1. Social Mention

Monitoramento de redes sociais: Social Mention
Você define a(s) palavra(s) a ser(em) monitorada(s). Pesquisa menções em várias redes sociais, possibilitando filtrar as mais interessantes. A ferramenta disponibiliza um resultado completo, com top userstop keywords top hashtags. Mostra também há quanto tempo o último usuário mencionou a(s) palavra(s) escolhida(s).

2. Whos Talkin

Monitoramento de redes sociais: Whos Talkin
A interface é agradável e a pesquisa, fácil de ser realizada. Faz uma busca simples e linka as menções com os comentários diretamente nas redes em que foram postadas.

3. Kurrently

Monitoramento de redes sociais: Kurrently
Monitora o Facebook e o Twitter. Através da ferramenta, é possível visualizar o nome e a foto de quem fez a menção na internet. A vantagem do Kurrently é que você pode subscrever as menções e recebê-las em seu e-mail ou acessá-las em algum leitor de feed RSS.

4. Likester

Monitoramento de redes sociais: Likester
Só rastreia o Facebook, mas mostra o que seus fãs estão curtindo. A partir dessa ferramenta, é possível conhecer melhor o público-alvo da empresa e ajustar o conteúdo de acordo com as preferências de seus fãs.

5. Topsy

Monitoramento de redes sociais: Topsy
Interface semelhante ao Google, monitora também o Google+, o que faz toda a diferença, pois ainda são poucas as ferramentas que monitoram essa plataforma. Pode parecer complicado de entender em um primeiro momento, mas apresenta uma lista com os posts originados na última hora, no último dia e na última semana.

6. Tweetreach

Monitoramento de redes sociais: Tweetreach
Ótima ferramenta. Ela mostra quantas pessoas foram atingidas pelos tweets gerados acerca do termo pesquisado. Expõe os dados em gráficos, mostra quantas replies e RTs foram dados e ainda lista os comentários que geraram as estatísticas. A única desvantagem é que só analisa os últimos 50 tweets.

7. Trendsmap

Monitoramento de redes sociais: Trendsmap
Essa é bem bacana! Lista as hashtags e os assuntos mais comentados no Twitter Pode ser usada para gerar conteúdo e, consequentemente, angariar novos seguidores.

8. Tweriod

Monitoramento de redes sociais: Tweriod
Mostra o horário e dia da semana em que seus usuários ficam mais tempo online. A partir dela, o analista pode definir os horários de inserção do conteúdo de sua empresa no Twitter. Para acessar a ferramenta, é necessário estar logado no microblog.

9. Followerwonk

Monitoramento de redes sociais: Followerwonk

Um dos passos fundamentais na definição de estratégias de mídias sociais é o monitoramento de empresas concorrentes. Essa ferramenta é importante nesse sentido porque possibilita ao usuário comparar dois ou mais perfis no Twitter, mostrando, entre outras coisas, média de novos seguidores e de postagens diárias.

10. Tweetlevel

Monitoramento de redes sociais: Tweetlevel
Existem vários medidores de influência gratuitos à disposição dos analistas de redes sociais interessados em saber o alcance dos comentários de um determinado usuário. O Tweetlevel tem vantagem sobre os demais por ser essencialmente simples. Não exige cadastro, como Klout Score, e tem uma base de pesquisa bem maior do que o PeerIndex, que só pesquisa a influência dos internautas cadastrados em seu banco de dados. Essa ferramenta pode ser importante para guiar a empresa na hora de definir, a partir da influência, que tipo de resposta o usuário reclamante terá.

Por Aline Durães, jornalista e analista de redes sociais do Senac. @AlineDuraes

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog