sexta-feira, 5 de março de 2010

Redes Sociais nas Campanhas Eleitorais


As Redes Sociais serão grandes aliadas dos políticos nesta eleição 2010. Os candidatos poderão usar a Internet para fazer propaganda, divulgar suas idéias, para pedir votos ou até mesmo para arrecadar recursos, inclusive por meio de cartão de crédito e demais sistemas de pagamento on-line.
Com a importância crescente da web como plataforma de debate democrático, políticos  têm se voltado para esse meio em busca de uma atuação impactante e diferenciada. A tecnologia mudou a forma de interagir com o mundo e os políticos já entenderam isso.
Muitos pré-candidatos já estão usando a internet para se comunicar com seus futuros eleitores. Até ai muito bom e ótima iniciativa, porém, para funcionar corretamente deve ser como diálogo e não monólogo. No Twitter por exemplo, informar onde está e o que está fazendo, não é suficiente, precisa interagir e responder aos replays e DM´s. Ferramentas como FormSpring fazem todo sentido nesta situação, pois possibilita responder diretamente as perguntas formuladas pelos internautas. Utilizar os canais como uma forma de se relacionar, seja com o público ou mesmo com outros políticos, é uma estratégia interessante.
Para o sucesso de um político nas Redes Sociais precisa ter bastante conteúdo, estar preparado, antenado com uma overdose de informações e conectado, além claro, de uma estrutura (equipe) capaz de interagir em tempo real e simultaneamente em todos os canais disponíveis. Empresas de assessoria política e virtual,  estão sendo montadas em todo o Brasil e políticos buscam atordoados por esta realidade e oportunidade, os mais informados, se prepararam para não aventurar na internet e suas Redes Sociais sem uma boa estrutura e retaguarda.

Entender cada sistema e suas peculiaridades é muito importante e fundamental para o sucesso, por exemplo, no Orkut pode ser usado para uma propaganda mais específica, no twitter para compartilhar notícias, idéias e pensamentos curtos, no LinkedIn para se aproximar da classe empresarial e profissionais Liberais, nos Blogs para escrever propostas, planos de trabalho e opiniões completas sobre determinados temas e assim por diante. São ferramentas que permitem, principalmente, uma comunicação direta na forma de textos curtos ou longos, ideal para manifestar opiniões, emitir comunicados e estabelecer conversas com o público e eleitores.
Twitter, Blogs e sites, são as redes mais utilizadas pelos políticos hoje. Flickr e YouTube aparecem em segundo lugar. Orkut, a rede social mais acessada no país, ainda é pouco utilizada por políticos presentes na rede, Facebook então, muito menos.
No cenário nacional, o Twitter é a ferramenta mais utilizadas pelos políticos. A sua importância está principalmente na facilidade de atualização e a capacidade de atingir um público vasto. Cataloguei 215 políticos que tem perfil no Twitter, sendo 24 senadores, 83 deputados federais, 30 deputados estaduais, 65 vereadores, 3 governadores, 10 prefeitos e esse número cresce a cada dia, além muitos pré-candidatos ao pleito de 2010.
Um dos pioneiros e maiores exemplos de sucesso dessa nova propaganda eleitoral é o do Presidente dos EUA. O Twitter foi uma das ferramentas utilizadas por Barack Obama para apresentar suas ideias durante o período que precedeu as eleições.
Vamos acompanhar os resultados desta campanha virtual e acredito que essa eleição em 2010 vai  sinalizar a importância da internet também no processo eleitoral brasileiro.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog