segunda-feira, 31 de agosto de 2015

4 Verdades sobre mídias sociais que todo advogado deve saber


4 Verdades sobre mdias sociais que todo advogado deve saber
Sempre que converso com um grupo de advogados e o assunto é "mídias sociais", a maioria quer saber se esse tipo de mídia pode realmente fazer alguma diferença na aquisição de novos clientes. Antes de investir seu tempo e dinheiro, eles querem saber se essas mídias retornarão um valor real para esse investimento.
Essas são as quatro verdades sobre mídias sociais que todo advogado deve saber:
1. Mídias sociais vão ajudá-lo a construir confiança, mas ela não vão fazer uma reputação ruim tornar-se boa - Mídias sociais são sinônimo de meritocracia. Se você é um bom profissional, as pessoas vão reconhecê-lo. Por outro lado, uma experiência ruim também será mostrada. Construção de confiança é crucial para os advogados e, por outro lado, as mídias sociais ajudam a construir confiança fornecendo uma plataforma robusta para compartilhar ideias e conhecimentos específicos. Uma vez que os clientes estabelecem confiança no advogado a partir da imagem que ele construi nas mídias sociais, eles poderão contratá-lo e recomendá-lo aos outros.
2. Mídias sociais te mostram potenciais clientes, mas não vão transformá-los em clientes sem esforço - As pessoas que leem seus artigos, curtem sua página no Facebook ou te seguem no Twitter indicaram interesse no que você tem a dizer. Estas são apenas ligações. Para capitalizar sobre eles e transformá-los em clientes é preciso esforço e acompanhamento constante.
3. Mídias sociais vão dar-lhe visibilidade, mas não vão substituir uma boa experiência do cliente. A mídia social é um mundo 365/24/7, permitindo que você interaja a qualquer momento com seu público e ele com você. Fique atento à forma como responde as mensagens; apesar das redes sociais serem um ambiente mais despojado, mantenha a linguagem clara e objetiva. Cada ponto de contato é uma oportunidade para fazer uma grande impressão.
4. Mídias sociais são o caminho mais rápido para construir um círculo de influência, mas isso não vai acontecer da noite pro dia. O seu ciclo de influência é definido assim:
(1) Quantas pessoas sabem quem você é.
(2) Quantas pessoas sabem o que você faz.
(3) Quantas pessoas sabem por que você é diferente.
Se você só tiver 20 pessoas que sabem o suficiente sobre você para dar umfeedback, então você está severamente limitado no crescimento da sua prática na advocacia. Mídias sociais dão visibilidade a longo prazo e você precisa se comprometer a investir tempo e dinheiro (ou contratar alguém) para alcançar o sucesso neste aspecto da publicidade.
Bom networking aos Doutores!

por Camila Lima 

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog