sexta-feira, 21 de junho de 2013

Dilma falará à Nação hoje

A presidente Dilma Rousseff acaba de tomar a decisão de falar à Nação sobre os acontecimentos de ontem, em várias cidades do Brasil. Reunida com seu núcleo duro, em Brasília, que inclui os ministros José Eduardo Cardozo, da Justiça, e Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, ela já decidiu que irá se pronunciar, com veemência, em defesa da democracia, mas também da ordem, rechaçando de forma contundente todos os atos de violência.
Ela, que acompanhou tudo pela televisão ontem à noite, ficou especialmente assustada com o vandalismo em Brasília, onde o Palácio do Itamaraty, obra-prima da arquitetura mundial, foi atacado, e no Rio de Janeiro, onde houve tentativa de invasão à prefeitura e um repórter da GloboNews, Pedro Vedova, foi atingido com uma bala de borracha na testa.
Ainda não há consenso sobre a forma do pronunciamento. Há quem defenda uma fala em cadeia nacional de rádio e televisão, às 20h. No entanto, a mensagem talvez seja transmitida de forma menos formal, numa entrevista ainda hoje no Palácio do Planalto.
Também assustados com a violência, os integrantes do Movimento Passe Livre anunciaram que não convocarão mais protestos para a cidade de São Paulo.
Abaixo, noticiário da Reuters, sobre decisão do MPL:
MPL anuncia que não convocará novos protestos em São Paulo
SÃO PAULO, 21 Jun (Reuters) - O Movimento Passe Livre (MPL), que deu partida a uma série de manifestações em diversas cidades brasileiras pela redução da tarifa do transporte público, informou nesta sexta-feira que por ora não convocará mais protestos em São Paulo.
A onda de protestos no país, que começou há cerca de duas semanas, teve seu ápice na quinta-feira, quando estima-se que mais de 1 milhão de pessoas foram às ruas de dezenas de municípios, mesmo após a reivindicação inicial pela queda das passagens ter sido atendida em diversas cidades.
"O MPL aqui em São Paulo não vai mais convocar os protestos. Pelo menos por enquanto, não tem nenhuma previsão de novas manifestações", disse o bancário e militante do MPL, Douglas Belome, à Reuters, por telefone.
Os atos de violência se agravaram em várias localidades. Em Brasília, manifestantes --que agora pedem uma extensa pauta que vai de melhoria dos serviços públicos à crítica pelos gastos para realização da Copa do Mundo no país-- chegaram a invadir e atear fogo ao Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.
Muitos dos manifestantes, em sua maioria jovens, têm se posicionado contra a participação de partidos políticos nas passeatas. Em algumas cidades, como São Paulo, a presença de legendas acirrou os ânimos de grupos que estavam nas ruas.
"Com relação ao que aconteceu ontem (quinta-feira), a gente ficou particularmente triste, porque entendeu que muitas das pessoas ligadas a partidos que estavam presentes estavam na luta com a gente desde o início, e algumas chegaram a ser acusadas de oportunistas e estavam sofrendo e vibrando com a gente desde o início, lutando pela mesma causa", afirmou o militante do MPL.
"O MPL se coloca como apartidário, mas insiste que não é antipartidário", acrescentou Belome.
A presidente Dilma Rousseff cancelou viagens previstas para os próximos dias, inclusive uma internacional ao Japão, diante do agravamento dos protestos em todo o país. Nesta manhã, Dilma marcou reunião de emergência com diversos ministros para tratar do assunto.
(Por Silvio Cascione)

Globo e os Protestos




  A juventude está nas ruas munidas de informações fora do contexto, fornecidas todos os dias pela velha mídia. Mas o PC Siqueira, um jovem humorista, muito admirado pela geração Y, resolveu dar o seu recado para mudar a situação. Vale a pena assistir e compartilhar. 

por Márcio Kerbel

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Globo Suja ! A principal bandeira das manifestações no Brasil #GloboSuja



As manifestações no Brasil são principalmente contra a burguesia dominante, os oligopólios dos donos da mídia, contra a homofobia, a favor da liberdade religiosa. Como mostra a foto, da maior faixa no meio dos manifestantes, que dizia "Globo Suja". Mas a indignação foi além, e infelizmente alguns jornalistas foram agredidos, como aconteceu em Brasília com uma equipe do SBT. Mas isso tudo mostra o descontentamento contra o poder enraizado nesse país. E principalmente contra a Globo, que com uma mesma família controla as principais TV do País. Isso tem que acabar.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Mudanças em lei eleitoral libera uso das redes sociais em pré-campanha

Vacarezza















O deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP)apresentou ao Colégio de Líderes as propostas elaboradas pelo grupo de trabalho encarregado de elaborar mudanças na lei eleitoral (9.504/97) e coordenado pelo petista. O deputado reafirmou a intenção de levar adiante os pontos de maior entendimento, deixando as questões polêmicas para um segundo momento.
Vaccarezza explicou que a proposta visa simplificar a lei eleitoral, tornar a eleição mais democrática, transparente e com mais facilidade de fiscalização. Pela proposta, em casos de cassação por processo eleitoral serão realizadas novas eleições, e não o derrotado assumir o lugar do vencedor. “Isso é uma distorção imensa na lei atual”, frisou.
Outro ponto de destaque permite o livre uso das redes sociais em período de pré-campanha. “Entendemos que às redes sociais só tem acesso quem quer, inclusive, a pessoa pode bloquear”, afirmou Vaccarezza. A proposta, no entanto, não permite que sites de conteúdo façam campanha paga.
Sobre o destino dos votos de candidatos cassados, se contarão para a legenda ou serão anulados, o coordenador do grupo de trabalho da reforma eleitoral disse que esse é um ponto ainda em debate. “Particularmente penso que deve valer para a legenda, outros deputados pensam que todos esses votos devem ser anulados”, disse Vaccarezza. Ele informou que caso a divergência persista até o dia da votação, esse ponto não será incluído.

Ficha Limpa - O deputado também fez questão de esclarecer que, diferentemente do que foi divulgado em alguns veículos de comunicação, a proposta não muda a Lei da Ficha Limpa, facilitando a disputa para os candidatos condenados por terem suas contas rejeitadas.  “Isso é um acinte, não tem nenhum mérito”, disse. “Inclusive, nem foi colocada em votação no grupo de trabalho e o TSE já resolveu. Então, é desnecessário ser votado”, explicou o deputado.
Outra alteração é a que obriga a Justiça Eleitoral a entregar a declaração de quitação eleitoral para quem teve sua prestação de contas de campanha rejeitada. “Para o cidadão estar quites,  basta ele votar. O processo de quem foi candidato deve ser tratado com fiscalização das contas e com as devidas punições cabíveis”, argumentou.
Para Vaccarezza, a reunião com os líderes partidários foi positiva.  Ele acredita que a proposta pode ir para votação em plenário já na próxima semana. Para valer para 2014, a proposta precisa ser aprovada  e sancionada antes de cinco de outubro.

A edição Nº 1 da INVEJA Já mostrava para que veio




Cuidado com o Golpe comunista em 2014 em povinho da Abril !!!

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Caixa desmente revista Veja que acusa sem provas militante do PT





À Revista Veja
À Carta ao Leitor

Prezado Diretor,

Em relação à matéria “O Golpe do patrocínio”, a Caixa Econômica Federal reitera que não recebeu nenhuma proposta para o patrocínio ao Carnaval de Londrina e para o Instituto Nijmeh, portanto, diferentemente do que foi publicado.
A CAIXA, quando procurada pela reportagem, esclareceu que não possuía nenhum patrocínio a este instituto e, em momento algum, informou que “não repassará os recursos” ao patrocínio, até mesmo porque não houve recebimento de proposta.

Pedimos, gentileza, a correção da informação.

Atenciosamente.
Assessoria de Imprensa da CAIXA



Resposta publicada de maneira minuscula na revista  nº 2321 de 15 de Abril de 2013

Vargas assumirá a presidência da Câmara e do Congresso Nacional

 

O primeiro-vice-presidente da Câmara dos Deputados, deputado André Vargas (PT-PR), assumirá interinamente a presidência da Câmara, no período de 8 a 14 de junho, por motivo da viagem do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves, à Rússia.

Alves chefiará a delegação parlamentar que visitará a Federação Russa a convite do presidente da Duma Federal – câmara baixa –, Sergey Naryshkin, e assinará um protocolo de cooperação bilateral entre a Duma e a Câmara dos Deputados. Henrique irá a Moscou e São Petersburgo.

André Vargas também assume a presidência do Congresso Nacional, ou seja, as sessões conjuntas da Câmara e do Senado, entre 5 e 11 de junho. O atual presidente, senador Renan Calheiros estará em Portugal em viagem oficial. Regimentalmente, cabe ao primeiro-vice-presidente da Câmara, assumir o posto.

Faculdade de Rede Sociais 2013 - Newberry College EUA



Se você vive no Facebook, Twitter, Instagram e ainda não tem graduação.. Eis aqui a solução em 2013!
Newberry College (EUA) lançou um curso de graduação específica para redes sociais. E a primeira turma e ingressar neste curso será em agosto de 2013.

A graduação é bastante complexa, na realidade. Os estudantes terão noções básicas de design gráfico, comunicação, administração de empresas, psicologia e estatística. Através destes cursos os alunos irão explorar as técnicas de mídia social, além do desenvolvimento e direção das mídias sociais como uma indústria criativa. Os alunos irão trabalhar para desenvolver estratégias de marketing e branding para projetos, incluindo corporativa, sem fins lucrativos, entretenimento, esportes, notícias e política.
Pode parecer ridículo para você, mas não é bem assim não. Hoje existem diversos empregos voltados somente para as mídias sociais. Visto que, segundo a pesquisa realizada pela Netpop, o uso das mídias sociais aumentaram 356% desde 2006 estima-se que, neste ano, a publicidade de mídias sociais aumentou cerca de R$ 5 bilhões, logo emprego não vai faltar.


domingo, 2 de junho de 2013

PSDB na TV tem apenas 8.615 tuítes em 1 hora




PT comanda reação;


 citações em grande parte (5.816) são negativas


Das 20h12 até 21h12, o programa do PSDB  (30.mai.2013) foi citado em 8.615 mensagens no microblog Twitter. É um número modesto quando se considera que essa rede social tem milhões de seguidores.
Nesse período de uma hora, 3 termos relacionados ao programa tucano entraram no “Trending Topics Brasil”. A expressão mais citada, entretanto, era de caráter negativo, a “hashtag” (#) “psdbnuncamais”.
Eis as 3 citações e o número de menções de cada uma delas:
1) #psdbnuncamais – 5.816 citações

2) PSDB – 1.913 citações
3) Aécio Neves – 886 citações

A hashtag #psdbnuncamais foi articulada de maneira bem organizada por militantes ou simpatizantes petistas, incluindo o próprio perfil do PT (de simpatizantes) que estimulou a militância a entrar no jogo.
Em uma hora foram 33 tuítes publicados pelo @ptnacional (de simpatizantes petistas). Já o perfil do PSDB na internet, o @Rede45 postou apenas 2 tuítes no mesmo período.
O que esses números demonstram? Primeiro, que a estratégia petista surtiu efeito nas redes sociais. Segundo, que o número de menções positivas ou negativas, convenhamos, é muito baixo (o que demonstra que foi um erro os tucanos terem escolhido um feriado nacional para transmitir sua propaganda mais importante do semestre). Por fim, também fica claro que o PSDB e Aécio Neves têm de se preparar mais para entrar no ringue das redes sociais contra os petistas, um grupo muito mais coeso e preparado para esse tipo de embate.
p.s.1: a hashtag #psdbnuncamais  está nos TTs Brasil desde às 20h49. Neste momento, às 23h15, já alcança um volume de 16,366 tweets. Ou seja, está confirmado: o PSDB escolheu o pior dia para o programa e foi ingênuo se imaginou que o PT não reagiria.  O perfil do PT está com força total. Até 23h15, já havia postado nada menos do que  117 tweets e conseguiu 661 RTs.
p.s.2: o Blog esclarece que o perfil @ptnacional não é o oficial do PT. É do PT, como está escrito, no sentido de ser alimentado por simpatizantes da legenda. O perfil oficial da sigla é o @ptbrasil.

Postagens populares

Pesquisar neste blog