quarta-feira, 2 de maio de 2012

Tudo indefinido na disputa de Apucarana


O que parecia resolvido caiu por terra na política de Apucarana. O candidato o pré-candidato a prefeito pelo PSDB, Sérgio do Cristma perdeu forças e agora os tucanos concentram suas energias na reeleição do prefeito João Carlos de Oliveira, do PMDB.
Caberá ao marketeiro José Pedro Campoy, popular “Corisco”(foto) que também é assistente parlamentar do senador Alvaro Dias (PSDB), a coordenação da campanha de João Carlos. Segundo informações a primeira estratégia dos tucanos para alavancar a candidatura de João Carlos é diminuir a diferença para o pré-candidato oposicionista Beto Preto, do PT.
Corisco, pediu aos participantes do encontro para vender otimismo. “Quando alguém disser que o prefeito João Carlos não está bem, precisamos afirmar que vai vencer as eleições, a prioridade é darmos mais quatro anos para o João”, afirmou Curisco. O Marketerio frisou que não é justo, João Carlos administrar Apucarana por apenas um ano. Essa frase é em referência a João Carlos ter passado os três primeiros anos de sua administração pagando dívidas. É bom lembrar que João Carlos foi secretário de fazenda nas administrações anteriores do ex-prefeito Valter Pegorer, seu mentor político.
Em relação à composição da chapa de João Carlos o candidato a vice não esta definido, ainda é possível que o ex pré-candidato o tucano Sérgio do Cristma componha com João Carlos como candidato a vice. Caso Sérgio não aceite é prioridade do PSDB indicar outro nome.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog