quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Secretario da Cultura do Governo PDT de Londrina seria fascista ?






Esta postagem retrata em uma só voz o sentimento dos Produtores Culturais de Londrina diante da tragedia do Governo PDT frente a Politica Cultural de Londrina , nas palavras do artista de renome nacional Marcio Américo



Pra quem não sabe, o senhor Leonardo Ramos, dublê de secretário de cultura, está me processando. Recebi a intimação há algumas semanas. Acho que é a primeira vez que um escritor é processado por um secretario de cultura por te-lo criticado. Nem mesmo politicos assumidamente corruptos, que sao frequentemente chamados de ladrao, usam este expediente judicial, alias, este expediente, neste caso, mostra bem a verdadeira face do Leonardo Ramos, um sujeito que parece nao gostar do dialogo, que parece nao saber responder as criticas, que prefere a truculência e o calaboca! O que esperar de um secretario que assumiu o cargo sem ausentar-se de suas funções como produtor cultural? Ao inves de tentar me dar um calaboca, como faziao general ai da foto, ele deveria vir a publico explicar porque:Barrou o carnaval por um filigrana burocrático mas abriu as burras para projetos ligados a sua area: Festival de Dança, Ballet de Londrina, Funcart...Por que nao explica sua ausencia como secretario, viajando para tutelar seus bailarinos enquanto as obras da secretaria ficavam as moscas e entupida de ratos?Ao inves de correr para as saia da mamãe justiça, por que nao vem a publico explicar sua desconfortável ligação com projetos que sao anualmente contemplados com verbas de sua secretaria?Por que nao explica os motivos que o levaram a "investir" praticamente 1 milhao na Fucartat e nao em outros projetos de Londrina?Por que nao explica o que o levou a dizer que Londrina nao tem tradição em carnaval: foi ingenuidade, burrice ou maledicência? Um bom secretario de cultura nao pode ter nenhuma destas três "qualidades".O general Emilio Medici, que ilustra este post, pelo menos era mais tranparente, sabíamos que sempre que o criticávamos, corriamos o risco de enfrentar os tribunais, mas o senhor Leonardo Ramos não, ele é um artista, um produtor cultural, um secretario de cultura, faltando poucos livros pra se tornar um intelectual nivel prata, nao se espera que um sujeito desta estirpe tire da algiberia um recurso truculento como esse, que use expedintes como o do general, a não ser que ele, o secretario, não seja extamente o que parece.Com esta atitude o senhor Leonardo está indiretamente mandado um recado intimidatório aos artistas: NAO MEXAM COMIGO!! NAO ME CRITIQUEM!! NAO ME CONTRARIEM!!! EU METO UM PROCESSO!! MIREM-SE NO EXEMPLO DO MARCIO AMERICO!!!Só falta ele gritar, mesmo afônico, atraves de sua dourada janela: "EU PRENDO, EU MATO EU ARREBENTO!!"Já pensou se Gregorio de Matos Guerra morasse em Londrina atualmente? Coitado.Se o Leonardo Ramos pensa que tenho medo de processo, está enganado. Enquanto eu estiver aqui e estiver vendo que coisas que sao claramente erradas, que causam inustiça, EU VOU FALAR!Secretario é só um cargo, não é pra sempre, ano que vem ele é mais um ex, enquanto eu continuo escritor, ator, comediante, londrinense, eleitor e cidadão. A gente se cruza por aí (aqui o verbo cruzar nao tem nenhuma conotação reprodutiva).

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog