terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Justiça: O afastamento dos delegados que despiram escrivã


Por Stanley Burburinho
Delegados são afastados da corregedoria após denúncia em SP
Corregedores aparecem em vídeo que ex-escrivã é despida por policiais durante depoimento sobre suspeita de suborno na polícia
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo informou nesta segunda-feira que o secretário Antonio Ferreira Pinto determinou a saída dos delegados de polícia Eduardo Henrique de Carvalho Filho e Gustavo Henrique Gonçalves da Corregedoria da Polícia Civil. Eles aparecem em um vídeo em que uma ex-escrivã da polícia é despida à força para ser revistada durante uma investigação de pagamento de suborno.
De acordo com a secretaria, o terceiro delegado de corregedoria que participa da cena, Renzo Santi Barbin, não integra mais os quadros da corregedoria. Ainda foi determinado a instauração de Processo Administrativo Disciplinar para apurar a responsabilidade funcional de cada um deles, assim como do delegado Emílio Antonio Pascoal, que na época era titular da Divisão de Operações Policiais da Corregedoria.
O fato aconteceu em 15 de junho de 2009, em uma delegacia de Parelheiros, na zona sul de São Paulo. Nas imagens, os delegados corregedores aparecem tirando a calça e a calcinha da escrivã à força. A escrivã pede para ser revistada por mulheres, mas o pedido não foi atendido.
Segundo a secretaria, foi expedido um ofício a Procuradoria da Justiça manifestando "perplexidade com o requerimento de arquivamento do inquérito policial instaurado por abuso de autoridade, pelo representante do Ministério Público oficiante, à época, junto ao juízo criminal da Vara Distrital de Parelheiros".

Um comentário:

Anônimo disse...

Primeiro, está na cara que esse flagrante foi armado.

Segundo, nunca, mas nunca mesmo esses maníacos, tarados, bandidos poderiam ter feito o que fizeram com essa moça...

Fiquei muito triste e revoltado por tudo o que aconteceu com ela...

Imagino se ela fosse minha irmã ou minha namorada e passasse por todo esse constrangimento, todo esse terror psicológico...

Esses caras tem que ser processados, expulsos da polícia e presos por tudo que fizeram ela passar...

PS: Quem defende a atitude desses nojentos não deve gostar de verdade de nenhuma mulher nessa vida...

Postagens populares

Pesquisar neste blog