segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Morte à espera da ambulância

Candidato dos helicópteros deixa adolescente morrer a espera de ambulância
Em junho desse ano, uma adolescente de apenas 15 anos morreu em decorrência da espera do atendimento médico no posto de saúde de Vila Leão, no bairro Novo Mundo em Curitiba. A garota esperou cerca de 4 horas por uma ambulância que a transportasse do posto para uma unidade de saúde, e acabou não resistindo. Na época, a prefeitura reconheceu a demora no atendimento, mas agora, o ex prefeito de Curitiba e candidato a governador Beto Richa propõe para a área de saúde o uso de helicópteros para o atendimento de emergências.


Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog