segunda-feira, 1 de março de 2010

Total de eleitores filiados ao PT cresce 44% durante governo Lula

Ardilhes Moreira e Maria Angélica de Oliveira  
Do G1, em São Paulo

Levantamento foi feito com base em números do TSE.
PMDB, principal aliado do governo federal, encolheu 11,5%.

 
 
 
Seria estranho se o PT, sendo um partido há oito anos no governo, não tivesse crescido. Qualquer partido cresceria. Agora, se você ainda por cima coloca os traços típicos do governo petista federal, fica ainda mais fácil. O Lula é o soul líder, é um cara que tem 80% de aprovação. Ele tem uma capacidade de atração de pessoas muito grande"
Nos sete anos de mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores (PT) teve crescimento de 44% no número de filiados, segundo os dados disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O mesmo balanço, resultado da comparação entre os filiados em outubro de 2002 (quando Lula foi eleito pela primeira vez) e dezembro de 2009, mostra que o PMDB, principal aliado do governo federal nesses dois mandatos, encolheu 11,5%. O desempenho da oposição nesse período foi irregular: enquanto o PSDB teve aumento de 5,9%, o Democratas teve queda de 8,2% no total de filiados.

Partidos menores tiveram altas taxas de crescimento. O PV, por exemplo, mais que dobrou seu tamanho. No período analisado, o número de filiados cresceu 152%. O PC do B cresceu 53,2% e o PR, 25,7%. O PSOL, que foi criado em 2005 após o escândalo do mensalão, cresceu oito vezes até o final de 2009 (veja tabela abaixo).

Um comentário:

Lucas Santos disse...

o crescimento do PC do B tbm é expressivo.

A diminuição do DEMO e do PMDB é saudável.

Postagens populares

Pesquisar neste blog