terça-feira, 2 de março de 2010

MEMÓRIA LONDRINENSE, coisas que quase ninguem sabe ou lembrava




O Radialista Paulo Sérgio Ferreira, foi um dos primeiros vereadores da história de Londrina a ser cassado.

O Carlos Camargo foi Policial antes de reportar as atividades da Policia.

O Edifício Julio Fuganti era o "pulodromo" preferido dos suicidas Londrinenses

O então Governador Roberto Requião (que tentou quebrar o dedo do Fábio Silveira) demitiu na frente da imprensa o comandante do 5º Batalhão Policial na inauguração do Viaduto da Rio Branco no início da década de 90

Os "Cinco Conjuntos" representa mais de duas dezenas de conjuntos habitacionais

Londrina foi a primeira cidade da América Latina a ter o Kumon (método de ensino japonês), hoje presente em mais de 44 países


A Vila Marizia em Londrina tem este nome graças a uma casa de diversões para adultos (zona) que ficava próximo da invasão, Dona Marizia era a chefe das meretrizes.

O Senador Álvaro Dias morou na sede da ULES em sua época de Movimento Estudantil

O Prefeito Barbosa Neto ficou famoso em Londrina por transmitir imagens violentas na TV, como cadáveres violentados sexualmente, acidentes graves e outras cenas sensacionalistas

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog