terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ainda sobre o carnaval de Londrina: SIMPLESMENTE LAMENTÁVEL




*Wagner Morena



Procurei palavras para iniciar esta carta, mas a única que se encaixou foi: lamentável. Sim, lamentáveis as colocações do Sr. Secretário de Cultura Leonardo Ramos. Caro Senhor, sou um dos fundadores do Conselho de Cultura desta cidade - ano de 1986 - e nunca tivemos a pretensão de sermos soberanos aos planejamentos e estratégias culturais da cidade e sim, sermos um órgão de aconselhamento aos projetos. Nunca mais retornei por ter visto a nossa proposta ter sido desvirtuada ao longo dos tempos. A meu ver, se o conselho de Cultura é soberano, não precisamos da figura e do staff do Secretário de Cultura. Lendo sobre o Carnaval, vejo uma insensibilidade e desconhecimento do senhor e dos demais membros do conselho sobre a importância dos desfiles das escolas de samba. Primeiro, é um absurdo o desfile carnavalesco ter que ser aprovado através de projeto do Promic; outro absurdo é o tempo que uma escola precisa para organizar um carnaval. O resultado do edital do Promic saiu na semana passada dia 12 de janeiro de 2010. Sou natural do Rio de Janeiro e por vezes acompanhei o trabalho das escolas e blocos da cidade e sei que um ano é quase pouco para se fazer um bom desfile. A Liga das escolas de samba não é um produtor cultural e nunca o será, este não é o seu papel. Cada escola deve ir atrás de seus “patrocinadores” e gerir seus recursos e cabe a Prefeitura prover com a estrutura básica para o seu desfile. O papel da Liga é outro. Procurem se informar como funciona o carnaval do Rio, Salvador, Recife, São Paulo e outras cidades e vejam qual o papel da Prefeitura. Foram eleitos 25 conselheiros (a meu ver um número exagerado. Curitiba conta com um pouco mais de 6 conselheiros) e desses alguns fazem parte da comissão analisadora dos projetos do Promic, portanto, quem deveria aprovar os projetos esqueceu do Rei Momo e da Rainha, falta de conhecimento ou incompetência? Será dado um jeitinho pela Secretaria: - mas o Conselho não é soberano? – pergunto. Lamentável também a comparação feita com a festa Nordestina, esta sim, é fruto de produtores culturais. O Carnaval de rua e seus desfiles ocorrem no mundo inteiro. A tempo, nunca fiz parte de nenhuma Secretaria, nunca inscrevi nenhum projeto no Promic e sou filiado ao partido do Prefeito.


 *Publicitário 

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog