quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

DICAS POLITICAS PARA O BARBOSA MELHORAR SEU GOVERNO









Sempre alertei a cidade que o Governo Barbosa Neto seria uma decepção, agora muitos fazem coro comigo neste raciocínio. Não sou nenhum cientista Politico, mas gosto de estudar e analisar as situações do jogo democrático e como Londrinense que ama esta cidade, não posso ficar feliz com o desastre que o Barbosa Neto esta fazendo com a cidade. Reservo aqui nesta postagem algumas dicas politicas para que o Prefeito Barbosa Neto e sua equipe possam melhorar o andamento da cidade. 




1 Criar a Secretaria da Cidadania
 
Esta secretaria seria a responsável de articular todas as politicas Publicas da Prefeitura e os conselhos Municipais (promoção da Igualdade racial, Juventude Movimentos sociais  




2 Relação com o Legislativo




Na secretaria de governo para facilitar o jogo democrático com a câmara de vereadores nomear o Sidney de Souza ou o Tercilio Turini ( pessoas com habilidade para atuar com o legislativo  




3 Cargos em comissão

Acabar com a demagogia e rever as nomeações de agente políticos na administração, é impossível um prefeito colocar em pratica sua politica sem o reforço de pessoas comprometidas com o projeto politico da administração, quando alguém é eleito para o cargo de prefeito precisa estar respaldado por uma boa equipe politica, gostem ou não os puritanos da demagogia: Cargo em comissão é imprescindível no jogo democrático  




4 Diminuir a exposição do personagem Barbosa Neto
 
O marketing politico do prefeito é legitimo que aconteça, mais precisa ser usado de maneira moderada. O Barbosa tem uma boa imagem pessoal, mais o prefeito Barbosa precisa de mais visibilidade como administrador e politico e menos de showmen  




5 Gestão participativa




O fortalecimento dos Conselhos Municipais são fundamentais para o Poder Executivo, estruturar e fomentar o bom andamento dos Conselhos da Saúde, Mulher, Meio ambiente, idosos, Juventude, Promoção da igualdade Racial, Segurança, Cultura , assistência social , Criança e adolescente, drogas, Turismo e etc... 




6 Criação de um conselho Politico da administração





É humanamente impossível apenas uma cabeça tocar a politica de uma cidade, nomes como do Marco cito ,Agnaldo Rosa e Rogerinho, precisam ser melhores aproveitados para a politica e não nas áreas técnicas. E outros nomes precisam ser acoplados neste projeto, ao redor do Prefeito e na sua campanha sempre estiveram presentes bons articuladores políticos , por onde andam que não no governo ?

3 comentários:

Historicizando disse...

Sem dúvida André, essa é a saída.
Eu volto a dizer aqui no seu, no nosso espaço, aqui no Idéia Certa, o Barbosa não é uma pessoa ruim, tenho certeza que ele tem boas intenções, ele é novo, inteligente, pode se tornar o melhor prefeito do Brasil, mas tem que ter equipe.
Não adianta fazer economia demais e acabar prejudicando o todo.
Barbosa precisa dialogar mais, conversar com os vários setores a atores políticos, conhecer o potencial das pessoas e não se isolar em meio a meia dúzia.
Com certeza esse é o caminho para o Barbosa ser aquilo que esperamos, um prefeito que nos dê orgulho de o termos como tal.

Abraços, feliz Ano Novo chará.
Manda um abraço pro pessoal do André, em especial meu irmão/amigo Robson Cavaliere.

Ah vou copiar sua postagem, mas pode deixar que direi a fonte rsrs.

RAFAEL VIGENTIN disse...

legal suas dicas andré, abraços
rafael vigentin

###a.l.#### disse...

Maio atenção com a questão ambiental no Brasil mas com razoabilidade para não engessar o país.

O Código Ambiental Justo
Autor: Julis Orácio Felipe
Descrição :
O código ambiental de Santa Catarina, recém sancionado pelo Governador daquele Estado, tornou-se a norma ambiental mais discutida da atualidade. Tal foi o feito catarinense que hoje discute-se no Brasil um novo paradigma para a legislação ambiental, de que cada estado pode legislar especificamente na seara da conservação da natureza, numa nova perspectiva de interpretação da Constituição Brasileira. Esta obra resgata o histórico da construção da norma, as colunas que a sustentam e faz uma rápida viagem nos pontos mais polêmicos, possibilitando ao leitor seu próprio julgamento sobre o realismo jurídico na área ambiental.

www.clubedosautores.com.br

Postagens populares

Pesquisar neste blog