quarta-feira, 2 de setembro de 2009

CULTURA É EDUCAÇÃO, 50% DE CORTE É FALTA DE RESPEITO.


O corte na Secretaria Municipal de Cultura no próximo ano vai abalar as estruturas da Politica Municipal de Cultura Londrinense. Para quem não sabe a Secretaria Municipal de Cultura administra a biblioteca Municipal Central, a biblioteca da Vila Nova, O Centro Cultural da Região Norte, o Museu de Artes, O Teatro Zaqueu de Melo. Alem de alimentar o PROMIC, Programa Municipal de Incentivo a Cultura, que mantem muitos dos principais projetos de cultura na cidade como as vilas Culturais, Os Festivais de Musica e Teatro, a escola Municipal de Dança e Teatro entre tantos outros importantes programas. Todas estas ferramentas e Projetos funcionam no limite de seus orçamentos, com o corte de quase 50% proposto pelo Prefeito eles enfrentaram uma situação quase que de paralisia. Conheço o Léo Ramos e sei de sua paixão e luta pela Cultura Londrinense, só não sabia que ele tinha tão pouco prestígio junto ao prefeito Barbosa Neto. Ele (o Secretario de Cultura) sabe o significado de uma FUNCARTE por exemplo funcionar com apenas metade de seus atuais recursos, ou não sabe?

leia mais na blogosfera sobre o Corte na Cultura
http://baixo-clero.blogspot.com/2009/09/perdeu.html

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog