quinta-feira, 21 de maio de 2009

Quintana e os políticos



Autografando um de seus livros com a tranqüilidade costumeira, diz uma coisa ou outra às crianças da fila, quando é apresentado a um ministro de Estado de passagem por Porto Alegre e que estava ali para os rapapés de praxe. Curvando o corpo para pegar o autógrafo, o político confessa, tentando ser gentil:

- Gosto muito de seus versinhos.

E Quintana, abrindo aquele seu sorriso maroto de sempre, agradece:

- Muito obrigado por sua opiniãozinha.

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog