sexta-feira, 24 de abril de 2009

Globo x MST



É ridícula a cobertura da Globo (e de toda mídia) sobre os conflitos de terra no Pará. Eles tomam partido dos latifundiários, como se os Sem-Terra fossem um bando de baderneiros querendo terra prá vender. Até fiquei com pena no pobre latifundiário que sem se identificar disse estar com medo. Para eles a Polícia deve estar a serviço dos ricos, tem que priorizá-los, nada de perder atendendo a população. O governo do PT lá está fazendo diferença. Essa visão simplista e tosca difundida pela mídia e que infelizmente a maioria da nossa (in)culta classe média compartilha. A grande maioria das invasões do MST são pensadas, as terras são latifúndios, muitas vezes terras públicas. A mídia faz questão de atribuir ao MST todas as invasões (dando destaque às injustificadas). No Pará, boa parte dos sem-terra são pequenos proprietários que tiveram suas terras surrupiadas por grileiros e latifundiários e agora se unem para lutar por suas posses.

Fonte: www.vlad.blog.br

Um comentário:

Paçoca Com Cebola/OPINIÃO disse...

André, não caia nessa. Há muitos anos o MST deixou de ser coitadinho. Eu mesmo, quando estava na mídia diária, cobri várias invasões. E o bicho pega. Os caras entram nas propriedades, arrebentam tudo, destroem colheitas,abatem animais, ameaçam famílias de colonos, quando nào as mantêm em cárcere privado. Além disso são usados como massa de manobra pra governos como o do Requiao que quando quer brigar com o pedágio manda o MST abrir as cancelas. Fala sério, o que o MST tem a ver com pedágio? Ou quando invadem áreas de pesquisa, como fizeram no Rio Grande do sul e no Paraná. Pior ainda. O MST não tem designação juridica. Eu tenho CPF, RG. Você também. Minha empresa tem CNPJ. O MST nao tem nada disso para fugir da lei.Ora, não dá mais pra defender gente que age fora da lei seja ele dazelite ou do MST.
Cláudio

Postagens populares

Pesquisar neste blog