sábado, 18 de abril de 2009

Planalto pretende criar o 'blog do Lula'



A exemplo do que vem ocorrendo na gestão do norte-americano Barack Obama, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganhará um blog e terá sua gestão divulgada por ferramentas interativas da internet. A ideia faz parte de um projeto piloto, já em estudo no Palácio do Planalto, de criação de um Núcleo de Relacionamento Digital, cujo objetivo é usar novas mídias, como blogs, sites de relacionamento e o Twitter (microblog em que os internautas contam o que estão fazendo). Com o nome provisório Blog do Planalto, a iniciativa é resultado de um desejo manifestado pelo presidente em 2008, quando ele se impressionou com o papel da internet na eleição presidencial americana e na própria administração de Obama, que recentemente usou a rede para defender sua proposta orçamentária em bate-papo com mais de 60 mil internautas.
Auxiliares de Lula já dizem que o novo site será "igual ao da Casa Branca". A ideia é dar um caráter menos sisudo às notícias do Executivo. "Será uma coisa mais ágil: sai o terno e gravata e entra a bermuda e a sandália", resumiu um ministro. Às vésperas do ano eleitoral de 2010, o blog reforçará a estratégia de comunicação digital do Planalto a partir do segundo semestre, quando também haverá a reformulação dos portais do governo.
O projeto faz parte de um conjunto de iniciativas, algumas já postas em prática, que visam a melhorar a comunicação do governo - entre elas, o aumento no número de entrevistas de Lula e a criação de um núcleo voltado para a imprensa regional. Os números obtidos pelo Ministério da Cultura, que criou um blog para discutir as alterações na Lei Rouanet, têm servido de exemplo: em seis meses, foram 70 mil visitantes. Técnicos da Presidência já conversaram com profissionais do Google para saber como seria um eventual uso do YouTube. A ideia é que o blog tenha vídeos também.
A Presidência pretende criar ainda um perfil no Twitter - iniciativa que o Estado de São Paulo, governado pelo tucano José Serra, um dos pré-candidatos à sucessão presidencial, lançou neste ano. Em fevereiro, o Planalto entrou em contato com um internauta mineiro que havia criado um perfil falso da Presidência que continha 600 seguidores. Com a senha e o login cedidos pelo internauta, assessores analisaram o perfil e o usaram como fonte de inspiração para o projeto. O diagnóstico do Planalto é que os portais da Presidência e dos ministérios, hoje, "não conversam entre si" nem orientam o cidadão para os serviços do Estado. O primeiro passo do governo foi a contratação da empresa TV1 para fazer o novo desenho dos portais oficiais.
Na campanha eleitoral de 2006, o PT criou uma rede com mais de 130 mil internautas entusiastas da reeleição de Lula. A maior parte dos contatos, no entanto, se perdeu. O governo nega que a iniciativa de reformular os portais e de criar o Blog do Planalto, às vésperas da campanha presidencial da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, tenha como foco os dividendos político-eleitorais da internet.

Fonte Blog Desabafo Brasil

Nenhum comentário:

Postagens populares

Pesquisar neste blog