segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Na Índia mais de 70.000 eleitores cristãos não poderão votar




O conselho global de cristãos indianos (CGCI) alerta que mais de 70.000 eleitores cristãos não poderão votar nas eleições federais e locais. os cristãos enfrentam a discriminação política nas eleições de Abril/Maio. Leia mais

2 comentários:

André Rodrigo disse...

Será que os indianos estudaram História Medieval e resolveram praticá-la?
Os bons Cristãos da TFP (Tradição Família e Propriedade) e da OPUS DEI* deveriam intervir por lá, da mesma forma que fizeram no Brasil dando suporte ao Regime Militar.
Aquelas passeatas por "Deus e pela Pátria" serviria bem lá na India numa versão apropriada claro.

Sería "Por Deus, pela Pátria e Pelo Voto."

Opus Dei: "Obra de Deus". Associação internacional de católicos, leigos e padres, fundada em Madri, em 1928, cujos membros se dedicam a procurar a perfeição cristã dentro de seu estado de vida e no exercício de sua profissão. Também são conhecidos com "Direita" da Igreja.

Em Londrina um de seus representantes é o advogado Dr. João Cristiano dos Santos. Veja vídeo no http://www.opusdei.org.br/art.php?p=21278

Hail Ratzinger!

Abraços André.
Shalom.

André Rodrigo disse...

Aos que não que compreenderam meu texto acima estou me referindo de forma crítica à postagem, independente da religião o que é a raiz do problema é a existência do cerceamento ao processo de uma determinada parcela da população.

Os Cristãos não são "santos" também, perseguiram muitos outros povos que possuíam fé diferente durante séculos. Acredito que se tratasse apenas de cristãos o problema já estaria resolvido, há uma série de castas neste país asiático que enfrentam uma série de cerceamentos, de tal amplitude que beira o absurdo, mas isso é uma outra História.

No entanto, o problema não está na Religião ou Credo, mas sim na exclusão do direito ao voto, esse é um dos problemas.
Espero que tenham entendido.

Abraços.
Paz Inverencial!

Postagens populares

Pesquisar neste blog